CNMX Jogos Santa Casa: Terceira vitória de Paulo Alberto

O 25 de Abril celebrou-se em ambiente de festa no Crossódromo do Granho.

276

Ainda com a prova de São Quintino bem viva na memória de todos os que acompanham o campeonato nacional de motocross, a caravana celebrou o 25 de Abril com liberdade total no Crossódromo do Granho, o cenário da terceira ronda do calendário 2022.

Mais uma vez foi forte a adesão popular, mostrando mais uma vez a popularidade da modalidade no Ribatejo, animando uma tarde soalheira que mais uma vez proporcionou excelentes corridas num campeonato que se mostra competitivo mesmo o vencedor voltou a ser o mesmo das corridas anteriores.

Pela terceira vez em outras tantas provas foi Paulo Alberto quem levou melhor sobre a concorrência na corrida de encerramento dia. Liderando desde o arranque até ao final das 21 voltas realizadas ao traçado ribatejano o leiriense provou mais uma vez estar num excelente momento de forma como espelham os quase 13 segundos de vantagem no momento em que cruzou a linha de meta.

Luis Oliveira segurou a segunda posição na primeira volta, mas na seguinte era quinto, passou pelo oitavo posto e fechou em sétimo o derradeiro confronto. Quem também passou pela segunda posição, mas igualmente por uma única volta foi o regressado Hugo Basaúla, que fecharia a corrida na quarta posição. Sandro Peixe tornou-se no terceiro piloto em três voltas a ocupar a terceira posição mas a cinco volta da bandeira de xadrêz cedeu o lugar a Luis Outeiro, que era sexto no final da primeira volta, com o campeão nacional a ser dessa forma o segundo atrás do intocável Alberto.

Com duas vitórias Paulo Alberto foi igualmente o vencedor na MX1na frente de Luis Outeiro, sempre segundo e Sandro Peixe, igualmente terceiro em ambas as corridas. Fábio Costa foi o vencedor em MX2 – e nas 125 Junior – igualmente com dupla vitória sempre na frente de Sandro Lobo, sendo desta feita terceiro Luis Oliveira que foi quarto na primeira corrida e terceiro na segunda por troca com André Sérgio que assim terminou em quarto com o mesmo número de pontos. Hugo Santos foi o vencedor no pelotão dos veteranos.

Entre o pelotão dos mais jovens apenas as MX65, esta extra-campeonato, e MX50 estiveram em pista com Duarte Pinto a ser o vencedor em ambas as corridas as 65cc na frente de Guilherme Gomes e Gustavo Pitschieller que o secundaram em ambas as corridas. Nas 50 o vencedor da primeira corrida foi Edgar Salustiano e na segunda Iker Gonzales. Mas o mais regular e pontuado foi Edgar Póvoa, que assim subiu ao degrau mais alto do pódio na frente de Salustiano na frente de Vicente Caeiro.

Contas feitas aos campeonatos manteve a sua invencibilidade e tem agora uma vantagem de 11 pontos para Luis Outeiro e 13 para Sandro Peixe, diferença essa que cresce para 20 pontos nas MX1 perante o mesmo Luis Outeiro e 28 para Sandro Peixe, sendo de destacar que na quarta posição está o veterano Hugo Santos que lidera invicto a tabela dos mais velhos em pista.

Fábio Costa assumiu o comando do campeonato MX2 com um magro ponto de vantagem sobre Sandro Lobo estando Luis Oliveira a apenas 8. Sandro Lobo é o primeiro nas 125 Junior com 3 pontos para Fábio Costa e 12 sobre Martim Espinho. Edgar Salustiano é o comandante nas MX50 com quatro pontos para Iker Gonzalez e 14 mais que Edgar Póvoa.

A próxima prova, quarta do calendário, será realizada no dia 8 de Maio no traçado do Alqueidão.