Costa e Lobo alinharam no EMX 125 em Espanha

O numeroso pelotão do Europeu MX contou com a presença de dois pilotos portugueses.

547

Juntamente com mais uma ronda do campeonato do mundo de motocross realizada no arredores de Madrid em Arroyomolinos no passado fim‑de‑semana, o campeonato europeu 125cc esteve também no Intu Xanadú e no pelotão de 39 rápidos pilotos estiveram Fábio Costa e Sandro Lobo, dois dos nossos melhores pilotos na cilindrada na actualidade.

Com tão forte contingente a luta pelos pontos foi intensa e se na primeira corrida nenhum dos pilotos conseguiu a desejada e mais do que possível entrada no lote dos vinte primeiros, aqueles que pontuam em cada etapa do campeonato, na segunda corrida ambos pontuaram e mostraram algum do seu valor, mesmo se condicionados por alguns contratempos que os atrasaram.

No final da jornada Fábio Costa foi o 22º da geral (somatório de ambas as mangas) com a 18ª posição na segunda corrida a valer a entrada nos pontos e na primeira metade do pelotão. ‘Cometi alguns erros mas sem quedas e isso é muito importante pois venho de uma lesão e não queria agravar a mesma. Na primeira corrida arranquei bem, cheguei a passar pelos três primeiros mais um pequeno condicionou o meu resultado e terminei a corrida em 21º, quase a pontuar. Na segunda corrida voltei a fazer um bom arranque mas fui apanhado por uma queda colectiva que me atrasou e tive que recuperar posições. Terminei em 18º, pontuei e na geral acabei na 22ª posição.’

Sandro Lobo não conseguiu arrancar bem em ambas as mangas e acabou por também ele pontuar na segunda corrida. ‘Não arranquei bem em nenhuma das mangas e os resultados foram reflexo disso. Na primeira fui 32º e na segunda terminei em 19º para ser 23º na geral. Vamos continuar a trabalhar para melhorar.’

Artigo anteriorMini GP World Series terminou em Palmela
Próximo artigoTrial Urbano realiza prova na Madeira