Força lusa em Águeda

Sete foram os pilotos portugueses que estiveram no passado fim‑de‑semana em Águeda.

385

Foram sete os pilotos portugueses que estiveram no ‘paddock’ e nas grelhas de partida das qualificações para aquela que foi a quarta prova do campeonato do mundo de MX realizada no passado fim‑de‑semana em Águeda.

Os campeões nacionais, Luis Outeiro e André Sérgio foram os defensores das cores nacionais nas classes mundialistas, MXGP e MX2, os restantes cinco: Rúben Ferreira, Rúben Ribeiro, Fábio Costa, Afonso Gomes e Alex Almeida estiveram na competitiva e preenchida EMX250, classe com ‘selo’ europeu.

Todos os cinco lusos com aspiração a alinhar nas corridas do Europeu Rúben Ferreira foi o mais azarado ao abandonar de forma prematura devido a uma lesão, sendo que na corrida de qualificação Fábio Costa foi o melhor dos lusos ao fechar a contenda na 35ª posição, assegurando a presença nas duas mangas finais ao lado de Afonso Gomes que foi o 39º. Ao terminarem na 42ª e 43ª posições Alex Almeida e Rúben Ribeiro não conseguiram atingir a almejada qualificação. Nas duas classes mundialistas qualificação para Luis Outeiro ao terminar na 21ª posição, com André Sérgio a ser o 23º nas MX2.

Com duas corridas realizadas no Domingo emolduradas por uma fantástica massa popular, Fábio Costa foi um espectacular 24º classificado na primeira manga do Europeu e Afonso Gomes o 32º Na segunda corrida da categoria Costa fechou na 23ª posição e Gomes foi o 34º. Fábio Costa terminou na 24ª posição da classificação global – somando ambas as mangas – e Afonso Gomes foi o 35º. Na classe maior Luis Outeiro foi o 25º classificado  no somatório de ambas as mangas depois de ter sido 21º na corrida inaugural e 23º na segunda manga realizada no Crossódromo Internacional de Águeda. No pelotão das MX2 André Sérgio foi o 22º na primeira manga, 21º na segunda e fechou o GP na 22ª posição.