Trio luso pronto para a areia de Assen

A areia de Assen será decisiva para saber quem vence a edição 2019 do MX das Nações.

1101

Pela 26ª vez consecutiva Portugal vai contar com a presença de uma selecção nacional no Motocross das Nações, prova por equipas que junta as melhores selecções a nível mundial para discutir a ‘posse’ do Troféu Chamberlain.

Nascida no distante ano de 1947 a prova realiza-se em 2019 no arenoso traçado de Assen – numa pista construída sobre o asfalto do conhecido e famoso circuito holandês que integra o calendário do mundial MotoGP desde o nascimento deste em 1949 – e para defender as cores nacionais foram seleccionados Sandro Peixe, Luis Outeiro e Hugo Basaula, pilotos que cumpriram um intenso programa de preparação que está nos seus últimos dias já em solo da Bélgica onde as pistas em areia abundam e servem na perfeição para que os nossos pilotos possam estar o mais à vontade com a exigência da condução nesse tipo de piso.

O principal objectivo será assegurar a qualificação directa para as três mangas decisivas logo no Sábado e para tal o trio português terá que estar entre as 19 melhores equipas após as mangas de qualificação, evitanto dessa forma a passagem pela derradeira oportunidade na manhã de Domingo. Dois dias de intensa competição, com 34 equipas inscritas e onde estarão alguns dos melhores pilotos da actualidade.

As melhores prestações globais de Portugal foram conseguidas em 2001 na Bélgica e 2005 em França quando foi alcançado o oitavo lugar num palmarés onde por diversas vezes os representantes nacionais colocaram a bandeira lusa entre os dez primeiros classificados.