Rally-Raid Portugal traz-nos as estrelas do Dakar

608

O ‘BP Ultimate Rally-Raid Portugal’ é a terceira ronda do Campeonato do Mundo de Rally-Raid e vai para a estrada já esta quarta-feira.

Depois do Dakar e do Abu Dhabi Desert Challenge, Portugal recebe esta semana a terceira ronda do Campeonato do Mundo de Rally-Raid, a única ronda desta competição a disputar na Europa, o ‘BP Ultimate Rally-raid Portugal’.
Com o quartel-general da prova instalado em Grândola, a competição organizada pelo ACP começa já hoje a ‘mexer’ com as primeiras verificações administrativas e pré-verificações técnicas, mas é só a partir de quarta-feira, 3 de abril, e até domingo 7 de abril, que se irão ouvir os motores ao longo das pistas do Alentejo e Ribatejo, com uma incursão por Espanha, num total de mais de 1700 km, incluindo um milhar de quilómetros de sectores seletivos cronometrados.

Marcam presença boa parte das grandes equipas e pilotos oficiais que conhecemos do Dakar, nas motos como nos automóveis. Nas duas rodas, com uma lista de 64 inscritos, destaque para a formação Honda-HRC capitaneada por Ruben Faria, que faz alinhar um fortíssimo quarteto de pilotos composto pelo vencedor do último Dakar, o norte-americano Ricky Brabec, pelo seu compatriota Skyler Howes e pelo chileno Pablo Quintanilla. Já a Hero Motorsports conta com o 2º colocado do Dakar 2024, Ross Branch, ao lado do ‘nosso’ alemão mais português de sempre, Sebastian Bühler, Quanto a Joaquim Rodrigues, piloto fixo da Hero MotoSports há várias épocas, depois de ter anunciado o seu abandono das competições enquanto piloto, foi recentemente confirmado como novo diretor desportivo da equipa.


A Sherco apresenta-se com Lorenzo Santolino e Harith Noah, enquanto as motos oficiais do grupo KTM primam pela ausência, embora contemos com a formação da Bas World KTM Rally Team, com Bradley Cox e Matthieu Doveze, entre várias outras equipas internacionais com KTM e Husqvarna.
Presentes estão também vários dos melhores pilotos nacionais, casos de António Maio (Yamaha), Martim Ventura, aqui inscrito com uma KTM, e Bruno Santos (Husqvarna), num lote que inclui ainda as Honda dos irmãos Gonçalo e Salvador Amaral e de Pedro Bianchi Prata.

Para as motos, o prólogo terá lugar em Grândola a partir das 8h35 de quarta-feira 3 de abril, com a partida da 1º etapa a sair de Santiago do Cacém às 12h30 e regresso ao bivouac em Grândola.
Na quinta-feira, a 2ª etapa começa e termina naquela cidade alentejana, com a 3ª tirada no dia seguinte, a mais longa da prova, de 613 km (300 km de sector seletivo) a ligar Grândola a Badajoz, onde a caravana irá pernoitar, regressando a Grândola no final da 4ª etapa após uma etapa de 550 km (270 km cronometrados) que inclui uma incursão em território espanhol. A quinta e última etapa, no domingo, conta com uma especial de 130 km disputada a norte de Grândola, que encerra esta primeira edição do BP Ultimate Rally-Raid Portugal.

Todas as informações sobre a prova estão disponíveis no site oficial www.rallyraidportugal.com 

Artigo anteriorDiogo Ventura, Fábio Ferreira e Santinho Mendes vencem em Góis
Próximo artigoArranque do Nacional de Flat Track adiado