Reguengos com vitória brasileira nos SSV

A prova foi decidida já perto do final e trouxe um novo nome ao lote de vencedores do campeonato.

272

A dupla Cristiano Baptista/Fábio Zeller em Can-Am foi a grande vencedora da competição destinada aos SSV da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, quinta jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que se disputou em Reguengos de Monsaraz.

A competição destinada aos SSV foi emotiva até ao final e o vencedor foi encontrado nos últimos quilómetros. Por apenas dez segundos, o brasileiro Cristiano Batista estreou-se a vencer em Portugal. ‘Foi uma prova difícil, mas estamos satisfeitos com o resultado. Temos estado perto de vencer em diversas provas, no entanto, nunca se tinha proporcionado alcançar a vitória. Finalmente conseguimos triunfar e por isso estamos contentes. Foi uma prova competitiva, muito boa de andar e bem marcada”.’ revelou Cristiano Batista.

Tendo liderado a corrida durante a sua maior parte, a dupla Mário Franco/Nuno Matias Guilherme em Yamaha acabou por ver um problema mecânico retirar-lhe a vitória. A equipa Marco Pereira/Eurico Adão completou o pódio do SSV da prova alentejana.

Para Mário Franco. ‘Ficar a 10 segundos do primeiro lugar é inglório principalmente porque ontem venci. Hoje tivemos um problema a 20 quilómetros do fim o que nos obrigou a vir num ritmo mais lento. Ainda tive esperança que fosse suficiente para vencer, mas infelizmente não foi o caso. No entanto, o segundo lugar foi bom porque provei que o carro é excelente e que a equipa também está em bom plano. O objetivo era vencer a Taça Yamaha, mas estes 20 pontos são bem-vindos”.’ contou o piloto de Alenquer.

Pedro Santinho Mendes também estava na luta pela vitória, mas uma transmissão partida a 10 quilómetros do final relegou-o para o 15º lugar. Ainda assim, o piloto mantém a liderança do campeonato. As posições seguintes foram ocupadas por Aristides Mafra, Gonçalo Guerreiro – que venceu entre os Juniores – David Tubarão, Filipe Cameirinha e Pedro Grancha, todos em Can-Am que ficaram a menos de 4 minutos do vencedor.

Cristiano Batista venceu o Troféu Can-Am na Classe Open enquanto Marco Cardoso foi o primeiro dos Stock. Na Taça Yamaha Mário Franco assegurou a vitória na Classe Open e o francês Eric Steichen somou mais um triunfo entre os Stock. O jovem piloto Tiago Guerreiro juntou mais uma a vitória no Troféu Polaris RZR e foi ainda o primeiro dos TT2. Na Classe Promoção, Helder Novo (Can-Am) terminou em primeiro lugar. Destaque para a participação de Dorothée Ferreira (Can-Am), a única senhora a disputar esta Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal.