CNV regressa ao Estoril

A velocidade está de volta ás pistas no próximo fim‑de‑semana

1614

Após as duas rondas a sul no Autódromo Internacional do Algarve o CNV está de volta já no próximo fim-de-semana (23 e 24 de Setembro) para arrancar a sua fase derradeira e decisiva da temporada. O calor algarvio e a ‘monta-russa’ ficaram para trás e cabe agora ao Circuito do Estoril ser o cenário desta penúltima ronda do ano, ronda essa que pode ser já decisiva para se saber o nome de mais alguns ‘reis’ do ano.

Lourenço Vicente é o único coroado no regresso ao Estoril – já renovou o ceptro nas Moto 5 – mas muito mais está ainda por discutir e algumas novidades serão aqui reveladas, como a estreia de Tomás Alonso na grelha de partida das Stock 600, deixando assim de lado a tentativa de conquistar o seu quarto título nas Supersport 300.

A prova do Estoril será igualmente a primeira oportunidade para Ivo Lopes recuperar o título nas Superbike e face ao registo invencível até ao momento do piloto da BMW é muito provável que tal aconteça, mas as corridas acabam apenas na bandeirada de chegada e Romeu Leite pode aproveitar da melhor forma qualquer azar ou deslize do comandante do campeonato e matematicamente também o terceiro classificado, Miguel Romão, está ainda com o título no horizonte.

Nas Superstock 600 também Pedro Fragoso pode deixar o Estoril já com o título a reluzir no seu palmarés, mas atrás do piloto de Vila Nova de Santo André tudo está muito animado, com Isaac Rosa a querer defender o segundo lugar depois de o assumir no Algarve por troca com Gonçalo Ribeiro. Seis pontos apenas separam os dois pilotos e com três pódio consecutivos o algarvio quer manter a mesma tendência face ao rival de Lousada que por hábito se sente mais confortável no Estoril.

Nas Supersport 300 Dinis Borges poderá com a anunciada ausência de Tomás Alonso colocar já o seu nome na lista de campeões nacionais e deixar a discussão pelo segundo lugar do campeonato entregue a Martim Jesus e Martim Garcia, separados por apenas dez pontos e actualmente atrás de Alonso na tabela do campeonato.

Com programa dividido entre os dias de Sábado e Domingo, corridas em cada uma das jornadas, estarão igualmente em pista os pilotos das Moto4/85GP e também todos os que competem na Copa Dunlop Motoval e Troféu Século XX/Taça Luis Carreira.

HORÁRIOS

Artigo anteriorHard Enduro MotoXtreme: Diogo Vieira melhor em Torres Vedras
Próximo artigoEnduro regressa aos trilhos em Penacova com Mini-Enduro e Enduro Sprint