Ivo Lopes e Tiago Magalhães no CEV

361

Ivo
Aos comandos da Kawasaki ZX6R com as cores da Kawasaki Oneundret Racing Team Ivo Lopes conseguiu hoje no circuito espanhol de Valência a segunda posição na corrida de Superstock. Integrada no pelotão do campeonato de Moto2 o piloto de Lisboa conseguiu a 24ª posição na qualificação combinada para ambas as classes, onde de forma natural as motos de Moto2 são claramente superiores.
Com duas corridas no programa Ivo Lopes chegou a estar na frente da sua classe no decorrer da primeira corrida, posição que assumiu na sexta volta da corrida, mas perto do final desceu ao terceiro posto e na bandeira de xadrêz ficou fora do pódio ao terminar na quarta posição final. Uma corrida de excelência onde o resultado final não reflectiu a boa prestação de Ivo Lopes que fez mesmo a segunda melhor volta em corrida na quarta passagem pela linha de meta.

Na segunda corrida Ivo Lopes esteve de novo em excelente nível e mesmo sem nunca conseguir chegar ao primeiro classificado, que ganhou alguma vantagem perante os adversários desde o arranque das 19 voltas, envolveu-se na luta pela segunda posição em especial na segunda metade da corrida, onde tomou conta da posição em luta directa com um dos seus adversários, descendo a terceiro nas derradeiras voltas. Mas Ivo Lopes tinha ainda um trunfo para jogar no final da corrida e conseguiu mesmo recuperar novamente o segundo lugar para fechar a corrida em segundo, sendo também assinada pelo piloto da equipa lisboeta a segunda volta mais rápida na corrida em qualquer uma das duas realizadas junto ao Mediterrâneo.
“Foram duas excelentes corridas neste meu regresso ao paddock do CEV. Conseguimos um excelente equilíbrio da moto durante as sessões de treinos e senti-me muito confortável ao longo das duas corridas. Na primeira cometi pequenos erros que me impediram de discutir a vitória ou mesmo o pódio, mas na segunda corrida sabia que tinha algo mais para conseguir subir ao segundo lugar no fecho das 19 voltas e foi isso mesmo que fiz. Foi um arranque muito bom para todos nós que temos trabalhado de forma intensa para este arranque do CEV.”
Um arranque muito positivo para Ivo Lopes e a equipa da Kawasaki Oneundret Racing Team num dos mais competitivos campeonatos a nível mundial e onde estão presentes muitas equipas que integram igualmente o ‘paddock’ dos campeonatos do mundo de Moto2 e Moto3. Com estes resultados Ivo Lopes ocupa a segunda posição do campeonato com 33 pontos.
A equipa da Oneundret Racing Team contou igualmente com Tiago Magalhães em pista no arranque do campeonato europeu de Superbikes, com o campeão nacional da categoria a conseguir a 14ª posição final na prova e o sétimo posto entre os privados que integram este igualmente bastante competitivo campeonato que faz parte do FIM CEV mais uma vez. Depois de ter caído nos treinos já no Ricardo Tormo Tiago Magalhães levou a sua Kawasaki ZX10R até ao final da primeira corrida do ano nas Superbikes, sendo que esta categoria realizou aqui apenas uma corrida ao contrário de Moto2 e Moto3.
“O nível aqui é totalmente distinto e ainda bem que assim é. Estive durante quase toda a corrida muito próximo de outros pilotos e tentei acima de tudo melhorar os meus tempos na pista e evoluir a minha condução. Foi pena a queda que nos tirou algum tempo de pista e evolução da moto, mas foi um bom fim-de-semana, que já sabíamos que não seria fácil. Foi também muito bom voltar a fazer uma corrida antes do arranque do campeonato nacional no início de Maio.”
A equipa regressa agora a Portugal para preparar a primeira prova do campeonato nacional, sendo que a próxima ronda do CEV se realizará no dia 29 de Maio no circuito do Motorland em Aragón.