Motociclistas cumprem promessa

Motociclistas entregam durante três dias 1090 árvores prometidas aquando do Portugal Lés-a-Lés.

275

Última etapa da 3ª Campanha de Sensibilização Reflorestar Portugal de Lés-a-Lés, a entrega de 1090 árvores de espécies autóctones, começou ontem, dia 26, e irá durar até sexta-feira, em escolas de Vila Pouca de Aguiar, Pampilhosa da Serra, Coruche e Faro, sendo a materialização do compromisso assumido por todos os motociclistas na defesa da floresta nacional. Iniciativa liderada pela Federação de Motociclismo de Portugal para preparar o futuro, alertando para a importância da plantação de árvores autóctones, geradoras de maior proteção da floresta, nomeadamente pela maior resistência à propagação de fogos, como do meio-ambiente, ajudando na preservação da fauna local e na defesa dos cursos de água.

Acção que começou em paralelo com o 5º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road, passeio mototurístico que ligou Vila Pouca de Aguiar a Faro ao longo de cerca de 1000 quilómetros percorridos maioritariamente em todo-o-terreno, e que, agora, com o patrocínio da Agência Abreu e o entusiasta apoio do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, vai levar carvalhos-roble, pinheiros-manso, sobreiros e nogueiras-preta aos alunos, professores e funcionários das escolas do ensino básico dos 4 concelhos. Campanha de sensibilização para alertar e incentivar as populações e sobretudo os mais jovens, a plantarem as espécies nativas das várias regiões que começará amanhã em Vila Pouca de Aguiar, com a entrega, durante a tarde, de 400 carvalhos pelas escolas na sede de concelho mas também em Pedras Salgadas e Jales. Maratona que atravessará o País em 72 horas, seguindo-se Pampilhosa da Serra, no dia 27, com a distribuição de 130 árvores, entre sobreiros e nogueiras-preta em Dornelas do Zêzere (Escola Básica D. Eurico Dias Nogueira, às 11 horas) e na Pampilhosa (Escola Básica Escalada, 14 horas).

Faro, no dia 28, e Coruche, no dia 29, completam a lista de locais onde os elementos da Federação de Motociclismo de Portugal levarão sementes de esperança para uma floresta sustentável. Serão 440 sobreiros e 60 pinheiros-manso a entregar aos alunos do Agrupamento Escolar de Montenegro bem como de Marchil, Patacão e Ilha do Ancão, no concelho farense, em ação que termina em Coruche, na Escola Básica da Erra (10 horas) onde serão oferecidos os últimos 60 pinheiros-manso para serem plantados nos quintais, jardins e terrenos de alunos, professores e funcionários das escolas.