Mx Infantil novamente nas pistas

O Complexo FMX Spirit recebeu a primeira prova de MX Infantil após o confinamento.

470

Com a normalidade a regressar de forma gradual ás nossas vidas, também os mais novos começam a ter de novo o seu espaço de competição, nomeadamente ao nível do motocross. ‘Fechado’ por mais de 12 meses no que aos mais jovens diz respeito, o motocross para os mais jovens voltou assim a trazer alegria, animação, competição e côr para as pistas, desta feita ao complexo do FMX Spirit em Pontes, perto de Setúbal, o cenário perfeito para o arranque de ano desportivo nas 50 e 65cc.

Com vitórias em ambas as mangas Isaac Santos foi o primeiro classificado nas 50cc, batendo em ambos os momentos Francisco Martins. Num pelotão com dezena e meia de pilotos em pista foi Martim Agostinho o terceiro classificado. Nas 65cc os pilotos da El Toro Racing School ditaram a sua lei com Duarte Pinto a subir ao degrau mais alto do pódio na frente de Bernardo Pinto. Duarte venceu a primeira corrida e foi segundo na derradeira, cabendo a Bernardo a terceira posição na manga inaugural, ele que venceu a corrida de encerramento. Miguel Caridade foi terceiro com um quarto e um terceiro lugares. Guilherme Gomes foi um dos azarados da segunda manga, quando sofreu uma queda que o forçou a abandonar. Tinha sido segundo na corrida inaugural e era um dos candidatos a vencer.

A prova foi igualmente elegível para o MX Ribatejo onde venceram Nelson Agostinho nas 50 Livres, Vasco Pita nas 50cc Clássicas e Bruna Antunes nas Senhoras. No Troféu FMX Spirit foi André Sérgio quem venceu.