Rally de Merzouga: Lusos em destaque

109

GKMSIGGCU88JUDPCBS2T
Terminou hoje o Rally Merzouga, umas das provas inseridas no Dakar Series, e que contou com a presença de um forte contingente de pilotos portugueses. Nada menos do que treze lusos estiveram à partida desta prova disputada maioritariamente nas areias e montanhas marroquinas.

Como seria de espera ao longo das cinco etapas foi Hélder Rodrigues, o piloto nacional que mais se destacou na tabela classificativa. O piloto da Yamaha rolou durante grande parte da prova inserido em posições de destaque até que um erro de navegação atirou Rodrigues para a quinta posição da geral num altura em que era segundo classificado. Contudo não deixou de ser um bom teste para a nova versão da WR 450 Rally que provou ter as capacidade para suportar as temperaturas elevadas que se fizeram sentir, por vezes superiores a 40°C, muita pedra e as tempestades de areia habituais naquela zona.

Joaquim Rodrigues em acção no seu primeiro Rally
Joaquim Rodrigues em acção no seu primeiro Rally
Em estreia absoluta numa prova de Rally, Joaquim Rodrigues, mostrou ter todas as capacidades para enfrentar este novo desafio faltando só mesmo afinar a navegação para provas futuras ele que conta com o apoio da estrutura oficial da equipa Hero Motor Sport/Speedbrain.
13245332_1086248081447555_8735558904911723935_n
Outra estreia no deserto foi Gonçalo Reis, um dos mais experientes pilotos de Enduro nacionais convenceu meio mundo de que possui elevadas capacidades de navegação e que deram os seus frutos no Rally de Merzouga terminando a prova dentro do “Top Ten”.
Referência ainda para outros estreantes e alguns mais experimentados pilotos lusos que estiveram à partida desta etapa do Dakar Series: Pedro Oliveira 13º da geral, David Megre 17º, Sebastien Bühler 19º, Luís Portela Morais 20º e Fernando de Sousa 47º da geral.
Azar para Rui Oliveira e Fausto Mota ambos obrigados a abandonar após quedas aparatosas que obrigaram inclusivamente ao seu repatriamento e nota também para o abandono de Ruben Faria ainda ressentido fisicamente da sua lesão do último Dakar.
O piloto argentino Kevin Benavides em Honda foi o vencedor da geral seguido pelo eslovaco Stefan Svitko e o francês Adrien Van Beveren.