MX Madeira: Dércio Gouveia venceu na abertura

O Campeonato Regional na Madeira começou de forma bem positiva na Fajã da Ovelha.

251

Foi com a presença de muitos espectadores que assistiram à primeira corrida do Campeonato Regional da Madeira de Motocross, que Dércio Gouveia (CS Marítimo) aos comandos da sua Honda CRF 450, venceu no passado Domingo a categoria MX1 e a Elite. Pedro Camara, também do CS Marítimo não foi além da segunda posição, mesmo depois de ter ganho a 1ª Manga MX1 a Dércio Gouveia, deixando em Vítor Freitas, do Team CDRPrazeres / Bar Formiga o fecho do pódio.

Já na categoria MX2, João Sousa da equipa LMRS Motos Yamaha / Arca D’ Ajuda, foi superior, após luta acesa em ambas as mangas com o piloto da casa, Paulo Gama do Team CDRPrazeres / Bar Formiga, que ficou na segunda posição. O terceiro posto desta classe ficou para Pedro Gonçalves da equipa Madeira Island Tattoo.

Nos Juniores e aos comandos da sua KTM SX 85, Laura Vieira do CS Marítimo faz o pleno nas duas mangas, deixando o segundo lugar nas mãos de Afonso Moniz.

Na categoria Rookies (pilotos que correm pela primeira vez), Márcio Ferreira do Team CDRPrazeres / Bar Formiga foi o grande vencedor, deixando para segundo lugar o seu irmão Fábio Ferreira também do Team CDRPrazeres / Bar Formiga e em terceiro Pedro Gonçalves da Madeira Island Tattoo. Ainda nos veteranos, Vítor Freitas, do Team CDRPrazeres / Bar Formiga foi o justo vencedor, seguindo-se na segunda posição, Renato Castro da União Desportiva de Santana e em terceiro, Marco Martins do Motor Clube Madeira.

Apôs terminar esta primeira prova do Campeonato Regional da Madeira de Motocross, a organização, mostrava-se satisfeita, com Ricardo Andrade, Director de Prova a fazer um balanço muito positivo à forma como a mesma decorreu ‘Sem incidentes, cumprimos os horários a 100% e o ‘feedback’ que recebemos ao longo do dia, tanto do público, pilotos e suas equipas foi fantástico. Adorámos ver a forma como a multidão vibrou com a luta intensa nas categorias MX1 e MX2 e a festa era tanta que os conseguimos ouvir no Paddock, mesmo com o ruído das motos. Toda a minha equipa está de parabéns, trabalhámos muito para este sucesso e hoje voltamos a escrever na história da Fajã da Ovelha e principalmente do Motocross Regional.’