Hélder de novo nos primeiros cinco

296

HRDakarFim

Depois de uma brilhante vitória na penúltima etapa, Hélder Rodrigues completou ontem a sua décima participação no Dakar. Nestes dez anos, iniciados em 2006 quando a prova saiu pela primeira vez de Portugal, o agora piloto da equipa oficial da Yamaha nunca abandonou e terminou a corrida por sete vezes no Top 5. Subiu por duas vezes ao pódio, tendo ainda averbado oito vitórias em etapas.

Na derradeira etapa da edição 2016 da prova, disputada entre Villa Carlos Paz a Rosario, Hélder Rodrigues, aos comandos da sua WR450F Rally, foi o terceiro mais rápido na especial cronometrada com 180 quilómetros de extensão. Um resultado que não foi contudo suficiente para melhorar o quinto lugar conquistado na véspera. O piloto português, que esteve fortemente condicionado ao longo da primeira semana por se encontrar doente, terminou este Dakar 2016 a 4m56s de um lugar no pódio.

‘Estou muito feliz por ter cortado a meta neste meu décimo Dakar. A partida de hoje, dada pela classificação invertida, tornou mais difícil atacar para tentar conquistar uma posição. O pó levantado pelos concorrentes que partiam à minha frente tornaram a especial perigosa. Esse desafio implicava correr riscos e este Top 5 satisfaz-me, tendo em conta que estive doente na primeira semana do rally. Foi um Dakar muito duro, mas fizemos um excelente trabalho com a Yamaha. Quero aproveitar para lembrar os meus colegas de equipa Alessandro Botturi e Xavier De Soultrait que, infelizmente, foram forçados a abandonar uns dias antes de a prova terminar. Com eles e com o Adrien Van Beveren, trabalhámos bem em conjunto e partilhámos bons momentos. Obrigado Yamaha.’ referiu o piloto da equipa oficial da Yamaha em Rosario, Argentina, onde a grande maratona sul-americana terminou.