Campeonato Nacional de Enduro – Enduristas na Figueira da Foz

459

Depois das emoções do “Mundial”, regressa no Domingo a competição caseira com a visita à Figueira da Foz. Uma jornada clássica que reaparece no calendário após um ano de ausência, promissora de aliciantes despiques.

FICHA DA PROVA
Evento………..
Data……………
Competição
Percurso……..
 
Localização….
Horários………
Organização
XXXII Enduro da Figueira da Foz
24 de Maio.
Campeonato Nacional de Enduro, 4.ª jornada.
44 Km, a cumprir em 3 voltas e meia (duas e meia para
Verdes, Veteranos e Senhoras, 2 para restantes classes).
Figueira da Foz.
Partida: 10h00.
Moto Clube da Figueira da Foz.

 
A história do Enduro da Figueira da Foz remonta a 1979, com a célebre edição pioneira cancelada no próprio dia. Depois disso, a Figueira já recebeu 22 provas pontuáveis para Campeonatos Nacionais (das quais quatro no tempo da antiga federação), um par válido para o “Mundial” e “Europeu”, sem esquecer os famosos ISDE 2009, e ainda algumas edições extra-Campeonato.
Desta vez, em finais de Maio o calor já torna mais apelativo o ambiente veraneante característico da Figueira, emoldurada pelo oceano. Aliás, os pilotos vão mesmo à praia da Claridade, onde será traçado o “Enduro Test” (6 Km), que decerto proporcionará animado espectáculo na areia.
Já o “Cross Test” (3,2 Km) situa-se na Várzea e a “Extreme” (600 metros) no Cabo Mondego, junto à portaria da Cimpor. Três troços cronometrados que o pelotão irá enfrentar quatro vezes cada, incluídos num trajecto com cerca de 44 Km, percorrido em três voltas e meia pelas classes principais. O Pavilhão Multiusos na Avenida de Espanha acolhe o “paddock” e secretariado da prova.
Em termos competitivos, é aguardado com natural expectativa o previsível duelo entre Luís Oliveira e Diogo Ventura, separados apenas por 3 pontos na categoria Elite. Em detalhe, Oliveira começou melhor a época com duas vitórias, mas na prova mais recente Diogo Ventura conquistou o seu primeiro triunfo absoluto. Portanto, espera-se um confronto muito equilibrado e sem prognóstico, no qual se podem imiscuir outros pilotos de topo.
Nas classes 1 e 2 aqueles pilotos são naturalmente os actuais comandantes: Oliveira com 8 pontos de vantagem sobre Joaquim Rodrigues, Ventura com mais 10 que Gonçalo Reis. Quanto à classe Open, o confronto segue muito aberto, com Diogo Vieira na frente, mas João Vivas (veremos se poderá reaparecer após lesão) está a 1 ponto, João Lourenço e David Megre a 6 pontos e Diogo Valença a 7 do guia da tabela classificativa.
Sob a batuta do Moto Clube da Figueira da Foz, a jornada de Domingo constitui mais uma etapa a não perder neste entusiasmante Campeonato Nacional de Enduro.