Portugueses em várias frentes

355

Em mais um fim-de-semana de competição a vários níveis são muitos os pilotos portugueses envolvidos em campeonatos de cariz internacional. Será o segundo fim-de-semana consecutivo em que Portugal será representado além-fronteiras por diversos pilotos, desde o Enduro à Velocidade.
No passado fim-de-semana e com o arranque do campeonato do mundo de Enduro estiveram em Marrocos na primeira prova do novo EnduroGP quatro pilotos lusos: Diogo Ventura, Luis Correia, Tomás Clemente e André Martins. Durante os dois dias de competição realizados em Agadir na orla costeira do reino de Marrocos e naquela que foi a primeira prova do mundial da especialidade realizada em solo africano, Diogo Ventura conseguiu o seu primeiro pódio do ano aos comandos da Gas Gas EC 250 com que mais uma vez  enfrenta o campeonato entre os juniores. Luis Correia iniciou igualmente a sua época na Enduro3, o mesmo se passando com os jovens Tomás Clemente e André Martins que integrados no pelotão da Youth Cup descobriram a realidade de uma prova do mundial da especialidade.

Ao mesmo tempo que os enduristas cumpriam a primeira prova do mundial da especialidade na cidade espanhola de Albacete estiveram três pilotos lusos a dar arranque ao campeonato de Espanha de velocidade. Pedro Nuno, Alex Costa e Bruna Lopes cumpriram a primeira ronda de um dos mais competitivos campeonatos nacionais em toda a Europa, com o campeão nacional Superstock 600 em 2015 a destacar-se nas duas corridas realizadas ao ser segundo na primeira e quarto na segunda, ele que no entanto foi desclassificado no primeiro dia por ter o seu depósito de combustível reparado, tornando a sua moto ‘não-original’. No segundo dia a quarta posição depois de um mau arranque confirmou que Pedro Nuno pode ser um dos candidatos ao título espanhol.
Bruna Lopes mesmo com uma queda que a deixou com marcas visíveis num cotovelo conseguiu concluir a prova na nona posição, o mesmo se passando com Alex Costa que levou igualmente até ao final esta sua primeira aventura no campeonato do pais vizinho em 2016.
Já este fim-de-semana os pilotos irão voltar a marcar presença em provas de âmbito internacional, com o mundial de Enduro em Gouveia a contar de novo com o quarteto que esteve em Agadir e com aqueles que integram a caravana do campeonato nacional. Ao mesmo tempo estarão em Valência Ivo Lopes