Faleceu Duarte Forjaz

Duarte Forjaz foi um dos fundadores da FMP em 1990.

164

O motociclismo português e mundial está mais pobre depois do falecimento na noite de ontem de um dos fundadores da Federação de Motociclismo de Portugal. Juntamente com Jorge Viegas e António Francisco, Duarte Forjaz foi um dos fundadores da Federação de Motociclismo de Portugal em Maio de 1990, então com o nome de Federação Nacional de Motociclismo, posteriormente alterado para Federação de Motociclismo de Portugal.

Ao longo da sua forte ligação com o motociclismo português e mundial, Duarte Forjaz foi presidente do Moto Clube de Sintra e membro do painel de dirigentes da FIM-Federacão Internacional de Motociclismo, de onde acabou por receber recentemente o diploma de dirigente honorário, depois de ter sido também um dos membros da Comissão de Turismo e Concentrações (1993 a 1998) da entidade maior do motociclismo mundial, comissão que abandonou para se juntar mais tarde á Comissão de Mobilidade, Transporte, Segurança Rodoviária, Indústria, Assuntos Públicos e Legislativos, primeiro como membro e entre 2002 e 2010 como vice-presidente. A Comissão de Assuntos Públicos e Legislativos contou novamente com Duarte Forjaz durante dois mandatos quer terminaram em 2018. Forjaz foi igualmente promotor do campeonato nacional de Supermoto quando a modalidade deu os primeiros passos em Portugal lado a lado com o Superquad, elevando a mesma a patamares de retorno e mediatismo que não mais se repetiram.

O velório realiza-se desde as 17 horas desta segunda-feira na Sala do Mar no Crematório de Alcabideche sendo o corpo cremado amanhã ás 14 horas deixando a Direcção da Federação de Motociclismo de Portugal e todos os seus elementos profundos votos de pesar á família de Duarte Forjaz.