Paulo Gonçalves: A rua de um herói inesquecível

Gemeses e Esposende homenagearam Paulo Gonçalves.

115

Dificilmente o local poderia ser mais bem escolhido. Fica mesmo à entrada da “sua” freguesia de Gemeses, Esposende, terra que nunca se cansou de enaltecer durante décadas de competição. A Rua Paulo Gonçalves passa a receber quem ali chega, vindo da A28, de Esposende ou Barcelos, com a mesma forma acolhedora e calorosa, mas simples e descomplexada, com que sempre celebrava o reencontro e a amizade. A placa toponímica com o seu nome, descerrada pelos filhos Erica e Rúben sob o olhar de dorida serenidade do amor de toda a vida, Sofia, mais não é do que a perpetuação na pedra desse direito à imortalidade, conquistado nas pistas de motocrosse, nos trilhos de enduro, nos desertos de todos os ralis mas também no dia a dia de um ser humano ímpar.

Cerimónia integrada na comemoração evocativa do 1.º aniversário do seu falecimento, a 12 de janeiro de 2020, durante o Dakar na Arábia Saudita, e que só foi possível a 25 de abril, dadas as limitações impostas pela situação pandémica. Iniciativa lançada por um grupo de amigos, prontamente apoiada pela Câmara Municipal de Esposende e Junta de Freguesia de Gemeses, que contou, desde o primeiro momento com o envolvimento da Federação de Motociclismo de Portugal, e que espelha o sentimento de reconhecimento de milhares de fãs em todo o Mundo.

Homenagem que contou com celebração litúrgica na Igreja Paroquial de Gemeses, a cargo do padre Cândido Sá, amigo de longa data da família Gonçalves e do malogrado piloto, prosseguindo com a romagem ao Cemitério de Gemeses para deposição de coroa de flores, com a presença dos presidentes da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, e da Junta de Freguesia de Gemeses, Eduardo Oliveira Maia, assim como do representante da FMP, de familiares e alguns amigos mais próximos.

Mas a memória de «um esposendense que, mais do que tudo o que fez no desporto, sempre se destacou pelas suas qualidades humanas, enquanto filho, marido, pai e amigo» justifica outras ações. O presidente da CM de Esposende, Benjamim Pereira, revelou ainda outros projetos em estudo para que «a memória do Paulo Gonçalves perdure para sempre», como será o caso «do monumento em sua homenagem, enquadrado na significativa e importante requalificação de todo o espaço envolvente, assim como a criação de uma avenida, em zona nobre de Esposende, que terá o seu nome». Outras iniciativas estão em preparação, desde a organização de eventos motociclísticos, competitivos ou de lazer, além de exposições evocativas do enorme legado de um piloto com tão longa, diversificada e recheada carreira, ou a edição de uma fotobiografia. Para que nunca se esqueça a coragem e abnegação de um «homem que se dedicou ao seu sonho e ousou voar».