Águeda ao rubro com vitórias de Cairoli e Kjer Olsen na qualificação

Primeiro dia em Águeda com corridas de qualificação bem animadas.

353

O italiano Antonio Cairoli (KTM) venceu este sábado a corrida de qualificação na categoria MXGP do Grande Prémio de Portugal de Motocross, sexta jornada pontuável para o Mundial da especialidade, que decorre este fim de semana no Crossódromo Internacional de Águeda.

Pela liderança ainda passou o jovem Tim Gajser (Honda), no entanto o actual segundo classificado do campeonato não conseguiu ‘segurar’ o italiano líder da competição. Surpresa nesta manga de qualificação acabou por ser o italiano Alessandro Lupino (Kawasaki) a terminar na terceira posição da categoria ‘maior’. Quanto ao português Sandro Peixe (Suzuki) – actual líder do Campeonato Nacional de Motocross e ‘wild-card’ nesta jornada, acabaria o dia na trigésima-primeira posição da classe MXGP.

Já na MX2, a vitória foi para Thomas Kjer Olsen (Husqvarna) – actual líder do campeonato, que à passagem da sexta volta assumiu a liderança. O alemão Henry Jacobi (Kawasaki) terminou na segunda posição, com mais 3.423 segundos, enquanto o espanhol Jorge Prado (KTM) foi terceiro, a 4.370 segundos do vencedor. Diogo Graça (Suzuki) como ‘wild-card’ nesta classe, viria a terminar na trigésima-terceira posição.

Hoje, decorreram também as primeiras corridas pontuáveis para o Mundial Feminino (WMX) e Europeu MX2T, ganhas respetivamente por Courtney Duncan (Yamaha) e Mike Kras (KTM). Na competição feminina, Joana Gonçalves (Husqvarna) esteve em claro destaque, terminando a primeira manga da competição, no honroso décimo-segundo posto.

Os pilotos regressam à pista do Crossódromo Internacional de Águeda amanhã para o segundo dia do Grande Prémio de Portugal. As principais corridas, em MXGP e MX2 (duas em cada escalão), estão agendadas para a tarde, enquanto a manhã está reservada para as segundas corridas de WMX e EMX2T.