GP de Macau: Pires foi 20º, Caetano abandonou

354

Macau2015

Realizou-se esta manhã – hora de Portugal continental – mais uma edição do mítico e desafiante GP de Macau, prova que contou com a presença dos portugueses André Pires e Nuno Caetano.
Com 12 voltas em agenda aos mais de seis quilómetros do sinuoso e estreito traçado do Circuito da Guia, a prova asiática foi de sortes distintas para ambos os pilotos portugueses, com Caetano a abandonar logo no início com fortes dores na clavícula que recentemente fracturou e que o deixou sem condições de poder fazer a prova que desejava.
Habituado ás provas do Road Racing em solo britânico e irlandês, entre elas a conhecida corrida na Ilha de Man, Caetano não participou mesmo no ‘warm-up’ matinal para defender a sua condição fisica, mas logo após a primeira volta a vontade e desejoso de se manter em pista não conseguiu ser superior ás dores e o piloto da Kawasaki foi mesmo forçado ao abandono.
André Pires (14) foi assim o único luso a concluir a prova e fechou as doze voltas realizadas na 20ª posição, colocando a sua Yamaha entre os finalistas daquela que foi a 49ª edição do GP de Macau.
A prova foi ganha pelo britânico Peter Hickman aos comandos de uma BMW, na frente de Martin Jessopp e Michael Rutter, também estes aos comandos de motos da marca germânica.