Mini-Velocidade brilha em Évora

Quatro dezenas de jovens pilotos encheram o kartódromo de Évora

379

Foi debaixo de temperaturas típicas do Verão que se atravessa que cerca de quatro dezenas de jovens pilotos estiveram este Domingo em Évora para cumprir a terceira prova do calendário 2022 da Mini-Velocidade.

Numa clara demonstração da vitalidade que a competição para as classes mais jovens atravessa na actualidade as excelentes condições do Kartódromo de Évora foram palco e cenário para um dia intenso de competição, desta feita com a ‘companhia’ dos pilotos da Copa Ibérica ETG que trouxeram ainda mais ‘ritmo’ á quente tarde alentejana.

Com classificações semelhantes em ambas as corridas realizadas a vitórias nas motos mais pequenas, as Minimotos 4.2, foi para Edu Saavedra na frente de Lucas Gaspar e Martim Vaz. Saavedra foi igualmente o piloto que subiu ao degrau mais alto do pódio na Copa Ibéria ETG para a mesma classe, fechando a contabilidade na frente de Martim Vaz e Carlos Almeida.

Com oito pilotos em pista a classe reservada ás IMR 90, as motos que marcaram o arranque deste projecto no seio da FMP, tiveram em Martim Rosário o vencedor em ambas as corridas, terminando sempre na frente de João Freire e Dinis Seco, pilotos que com ele subiram ao pódio final.

Sempre espectaculares e animadas as corridas das 110, nas suas versões de caixa manual e automática, encheram a grelha e a pista de acção e duelos bem animados. Nas automáticas a vitória foi para Carlos Almeida na frente de Tomás Santos e Maria Gouveia e nas motos de caixa foi Abraham Rojas o melhor na frente de Eduardo Gimenez e Carlota Carochinho. Na Copa Ibérica foi igualmente Rojas quem venceu na frente de Gimenez e Afonso Henriques.

Em pista estiveram igualmente os pilotos das MIR Moto5 com vitória para Tiago João face a Martim Garcia e Martim Patricio.

A prova eborense foi também escolhida para receber a penúltima ronda do FIM MiniGP. Com nove pilotos em pista ambas as corridas foram dominadas por Pedro Matos – que no final vestiu mesmo a camisola de campeão – com Tiago João a ser o segundo em ambas as corridas no final do que foi um super emotivo duelo pela segunda posição. Aos comandos das pequenas e irrequietas Ohvale 160 foram três os protagonistas da luta pela segunda posição pois a Tiago João juntaram-se Alexandre Cabá e Frederico Guimarães, sendo este o terceiro na primeira corrida. Mas um incidente com um piloto atrasado perto do final do segundo confronto deixou Guimarães em quinto atrás de Lourenço Vicente e ao ser terceiro Cabá foi mesmo quem subiu ao degrau mais baixo do pódio no final do dia.

A Mini-Velocidade tem ainda mais duas provas para fechar o seu calendário, Palmela e Braga, sendo que o FIM MiniGP fecha o seu ano em Palmela no próximo dia 25 de Setembro.

Artigo anteriorBaja TT Sharish Gin 2022 será a 34ª edição da prova alentejana
Próximo artigoPortugueses iniciam 96º ISDE em França