Rodrigo Valente vence e adia título SS 300

O título nacional Supersport 300 ficou adiado para a última corrida do ano

377

Tomás Alonso tinha uma boa oportunidade de conquistar o título das Supersport 300 neste domingo, mas viu vitória de Rodrigo Valente adiar a festa para o final da época.

Com Martim Marco a pontuar para a tabela da PréMoto 3, todos os olhos estiveram postos em Tomás Alonso, líder das Supersport 300. Isto apesar de Marco ter liderado a corrida de início a fim e ter assinado mais uma vitória dominadora e solitária.

Enquanto isso, atrás dele, Alonso atacava a corrida em busca dos sete pontos que lhe faltavam para dar por encerrada a luta pelo título e a verdade é que até começou de forma positiva ao assumir a liderança do pelotão das Supersport 300. Contudo, o piloto da Quaresma Racing Team não conseguiu manter afastados os rivais e impor o seu andamento.

Primeiro foi Rodrigo Valente a dificultar-lhe a vida. Depois dos primeiros pontos somados ontem com um terceiro lugar, Valente voltou a mostrar ao que vinha, mas por pouco tempo, já que Alonso ainda respondeu para recuperar a posição. Contudo, Valente não esteve de meias medidas e na volta seguinte, a sexta da corrida, tornou a saltar para a liderança da categoria para não mais a perder até final.

Como se tal não bastasse, o líder do Campeonato viu-se, nessa mesma sexta volta, batido pelo mais direto rival nas aspirações ao título. Quarto desde o início da corrida, Dinis Borges viu a oportunidade de recuperar terreno e passou para a segunda posição das Supersport 300 e deu ares de que por aí ficaria até final. Ainda assim, Alonso, já ao cair do pano, conseguiu encontrar os argumentos necessários para se impor a Borges na última volta e terminar no intermédio do pódio das 300 por meros 69 milésimos de segundo.

Com este conjunto de resultados, Alonso acaba por deixar o Circuito Estoril a apenas três pontos do título, uma conquista que fica desta forma adiada para a derradeira jornada da época a ser disputada a Sul.

Artigo anteriorRomeu Leite revalidou título SBK
Próximo artigoDepois da chuva, quem sorri ao sol é Duarte Amaral