Velocidade 2020 Jovens pilotos animaram Évora

O kartódromo de Évora recebeu a terceira prova do Velocidade 2020.

212

Na sua terceira prova da temporada o Troféu de Iniciação Velocidade 2020 rumou este Domingo até ao traçado de Évora onde os pilotos de ambas as classes da fórmula promovida pela Federação de Motociclismo de Portugal em parceria com o Motor Clube do Estoril e a Motoval.

Uma jornada de visita a um dos traçados que desde o primeiro ano tem estado sempre no calendário da competição, com os seus quase 1000 metros a revelarem mais uma vez os dotes dos pilotos mais pequenos da velocidade lusa, alguns já a darem também os seus primeiros passos nos kartódromos. Com oito pilotos em pista a Classe 1, reservada aos pilotos mais jovens aos comandos das pequenas IMR 90, teve em Pedro Matos o vencedor em ambas as corridas. O piloto de Vila Nova de Santo André terminou a primeira corrida (10 minutos + duas voltas) com pouco mais de oito segundos de vantagem face a Henrique Morais, cabendo a Fernando Santos o degrau mais baixo do pódio. Na segunda corrida Pedro Matos voltou a ser o primeiro na linha de meta, agora com dez segundos de marge sobre Henrique Morais e pouco menos de 14 segundos para Fernando Santos, eles que foram desta forma os três ocupantes dos degraus do pódio.

Na classe 2 a vitória ficou entregue a Martin Jesus em ambas as corridas, batendo Manuel Branquinho e Rodrigo Martins na primeira corrida, com este a trocarem de posição no derradeiro confronto das MIR 220 na pista alentejana. As corridas desta classe, com motor de maior capacidade, foram igualmente mais longas, com 15 minutos mais duas voltas para aqueles que são igualmente os pilotos mais velhos do pelotão e que dividem a sua época também pelas pistas dos Autódromos.