CNMX Jogos Santa Casa: Luis Outeiro vence e lidera

Luis Outeiro assumiu a liderança do CNMX em Fernão Joanes.

575

Lado a lado com o campeonato europeu MX a caravana do nacional esteve no passado fim‑de‑semana na pista de Fernão Joanes, junto á bonita cidade da Guarda. Marcado pelo domínio e invencibilidade de Paulo Alberto desde o seu arranque, a ausência do piloto de Leiria deixou ‘porta aberta’ para termos um segundo vencedor em 2022.

Com 1595 metros de perímetro o traçado do Crossódromo Internacional das Lajes mostrou mais uma vez ser perfeito para acolher tanto o nacional como o europeu, mostrando sempre excelente condições ao longo de todo o fim‑de‑semana apesar do elevado número de sessões de treinos e corridas.

Líder desde o momento em que a grelha caiu até cruzar a bandeira de xadrêz Luis Outeiro regressou ás vitórias entre o pelotão da Elite. O campeão nacional conseguiu não apenas subir ao degrau mais alto do pódio mas igualmente assumir o comando do campeonato pois a ausência de Paulo Alberto deixou o anterior primeiro do campeonato à mercê dos adversários que o empurraram para a terceira posição do mesmo.

Atrás de Outeiro primeiro esteve Joel Costas durante as primeiras duas voltas, surgindo em segundo na terceira passagem pela meta Sandro Peixe, posição essa que não mais largou até ao final, recebendo a bandeira de xadrêz 17 segundos depois de Luis Outeiro e na frente de David Yague – o melhor das MX2 – que ocupou o degrau mais baixo do pódio depois de passar Joel Costas em definitivo na 14ª das 20 voltas realizadas. A fechar os cinco primeiros terminou Luis Oliveira, o quarto nas primeiras nove voltas antes de ser passado por Yague, este em recuperação a caminho do degrau mais baixo do pódio.

Entre os pilotos de MX1 o primeiro foi Sandro Peixe, que venceu a manga da classe e foi o segundo MX1 na corrida Elite, batendo Joel Costas e Hugo Santos, mais uma vez o melhor dos veteranos. Luis Outeiro foi aqui apenas sexto depois de uma primeira manga onde se atrasou e terminou bastante atrasado, na 18ª posição. Nas MX2 David Yague venceu ambas as mangas e terminou na frente de André Sérgio e Luis Oliveira. Fábio Costa foi o melhor nos Júnior.

Contas feitas aos campeonatos Fábio Costa está na frente dos Juniores – que utilizam apenas motos com 125cc e motor a dois-tempos – com três pontos de vantagem sobre Sandro Lobo e 39 para Martim Espinho. Hugo Santos continua invicto entre os Veteranos face a Paulo Felicia, que tem 23 pontos de atraso e Firmino Salazar a 29. Nas MX2 é igualmente Fábio Costa o comandante, com dois pontos de vantagem sobre Luis Oliveira e Sandro Lobo, que dividem a segunda posição. Sandro Peixe assumiu o comando da MX1 com quatro pontos de margem face a Luis Outeiro e oito para Paulo Alberto e na Elite o primeiro é Luis Outeiro com sete pontos para Sandro Peixe e 11 para Paulo Alberto.

A próxima prova do campeonato será realizada no dia 12 de Junho em Águeda.

Artigo anteriorSanto André ‘ligou’ motores da Minivelocidade 2022
Próximo artigoCNV 2022: Algarve recebeu segunda prova