Mototurismo de Oiro, por terras do rei Vamba

O concelho de Vila Velha de Rodão foi visitado pelo 23º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop.

181

Nos passados dias 11 e 12 de Maio, 65 entusiásticos ‘mototuristas’ em 39 motos, participaram na 2ª jornada do 23º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop da FMP-2019, pelo concelho de Vila Velha de Rodão ‘Terras de Oiro’. Uma vez mais os experientes e sempre animados Motards do Ocidente, deram a conhecer um concelho com muito para oferecer e visitar, durante um fim-de-semana dedicado ao que de melhor se faz no mototurismo nacional!

O admirável esforço dos moto clubes na procura exaustiva em descobrir os cantos, recantos e encantos das regiões onde decorre as várias etapas do troféu de moto-ralis turísticos da FMP, é largamente recompensado com a admiração e satisfação de todos os participantes que têm o privilégio de usufruir de fins de semana mototurísticos inesquecíveis, à descoberta dum país que deslumbra de tanto que tem para dar e conhecer. Vida longa aos moto-ralis e a quem os organiza!

Partindo da barragem de Fratel que acabou por submergir quase na sua totalidade importante espólio de gravuras rupestres e por autêntica montanha russa bem junto à A23, seguindo o bem elaborado road-book, a caravana foi apreciando a Beira-baixa com as habituais paragens para mais umas respostas ou divertidos jogos ou para aconchegar o estômago com as simpáticas ofertas das juntas de freguesia que receberam de braços abertos os mototuristas.

Depois da rica visita ao Núcleo Museológico de Fratel, por pitoresco percurso, foi-se até ao Penedo dos Cágados em Foz do Cobrão, por onde recentemente passou o Lés-a-Lés. Que bem soube as banhocas na praia fluvial para combater a canícula que se fez sentir.

Com divertido jogo a tentar imitar os lentos bicharocos e visita ao Museu do Linho e da Tecelagem, seguiu-se em direcção a Vila Velha de Rodão para subir ao Castelo do Rei Vamba que reinou entre 672 e 680. Constituído por Torre-Atalaia e situado numa escarpa sobranceira ao Tejo, no alto da Serra das Talhadas foi possível a partir dele, apreciar as magníficas vistas sobre o rio, o imponente estreito das Portas de Rodão e os voos de alguns grifos que por ali habitam. Conhecer também a história do rei mouro que até construiu um túnel por baixo do Tejo para visitar a sua amada, mulher do rei cristão. Enganou-se nos cálculos mas não desistiu. Do amor proibido resultou a morte da rainha pelas escarpas abaixo que lançou esta maldição: Adeus Rodão, adeus Rodão, cercada de muita murta, e terra de muita…

Os Motards do Ocidente voltaram a convidar os mototuristas a ajudar quem mais precisa e lá de casa vieram as dádivas. Bem hajam!

Numa região de grande importância histórica, o CIART foi visita obrigatória para se conhecer a Arte Rupestre do Vale do Tejo e onde se pôde observar as gravuras picotadas num interessante fragmento de rocha.

Os romanos também fazem parte da história da região, com a sua ponte romana sobre a ribeira do Açafal. Para a passar, foi preciso deixar o soldo depois de tomar a poção mágica do Astérix e Obélix. Coitado do romano que por lá andava!

Foi tempo de voltar à estrada e depois de consolar um mouro, seguiu-se em caravana para saber mais sobre a riqueza da produção de azeite nesta região que levou à instalação de lagares de azeite por todo o concelho. No Núcleo Museológico do Lagar de Varas ficou-se a saber com grande pormenor, como este importante alimento era feito noutros tempos. Para além do azeite o queijo é outro dos produtos de excelência da região que tivemos a oportunidade de conhecer. A sua produção e provar o famoso queijo pimenta, com quase toda a sua produção a ser exportada. Muito bom!

A malta dos Conquistadores de Guimarães são exímios na arte de bem animar. Uma vez mais preparam um ‘sunset’ à maneira antes da animada noite.

Depois de se saber quem foram os mais regulares da primeira etapa, do sorteio dos vouchers da BMW e dos habituais agradecimentos a quem apoiou o moto-rali, deu-se início a uma noite que vai com certeza perdurar na memória de quem teve a oportunidade de a viver. O Pedro e a Milai sigilosamente preparam uma peça teatral sobre a história da região que se aprendeu ao longo do dia e a maldição do Rei Vamba. Curiosamente os figurinos foram escolhidos a dedo, sem que ninguém soubesse de entre os participantes. O resultado foi uma hilariante animação com a ‘prata da casa’, com interação entre todos e onde se acabou por aprender melhor sobre esta curiosa história de Vila Velha de Rodão. Até o grifo por lá andou. Que grande noite. Uma das mais animadas de sempre. Obrigado aos Motards do Ocidente e seus ‘partenaires’!

Vila Velha de Rodão acordou soalheira para a segunda etapa. Com óptima temperatura para a prática do mototurismo, a caravana fez-se à estrada partindo da frente da Câmara Municipal. Por bonitas paisagens apreciou-se uma monumental azinheira, respondeu-se a perguntas inspiradas nos belos percursos pedestres da região, por entre emblemáticos Muros de Vedação até à próxima paragem na fonte da Telhada para degustar um farto pequeno almoço oferecido pela junta de freguesia de Perais. Aldeia onde se pôde saber como eram os tempos do contrabando com a visita ao museu e a demonstração ao vivo como eram corridos os contrabandistas!

O Parque Natural do Tejo Internacional, por onde se passeou, deslumbra pela sua beleza paisagística, simpáticas aldeias beirãs, com o Alto Alentejo ali ao lado, onde a caravana pernoitou bem instalada. Mais uns divertidos jogos e chega-se por fim ao Museu do Azeite em Sarnadas do Rodão onde terminaria o moto-rali, não sem antes se conhecer um pouco da aldeia, fazer a visita e tirar a habitual foto de grupo.

Em caravana seguiu-se para o almoço no alto da Serra das Olelas, durante o qual se ficou a saber quem foram os mais regulares e vencedores desta jornada. O José Augusto e a Júlia Carneiro do Conquistadores Moto Clube de Guimarães ficaram em primeiro lugar. Na segunda posição o Rui Oliveira e a Vera Cardoso. A encerrar o ‘pódio’ ficaram o Manuel e a Margarida Fonseca também do Conquistadores Moto Clube de Guimarães.

Os Motards do Ocidente estão uma vez mais de parabéns por todo o empenho e dedicação na preparação do seu moto-rali que se traduziu num excelente fim-de semana mototurístico!

A próxima etapa do 23º Troféu Nacional de Moto-ralis Turísticos BMW/Dunlop da FMP-2019 segue nos próximos dias 22 e 23 de Junho até à região Centro, organizado pelo Góis Moto Clube, pelo Rio Mondego. Não percam!

Álbum de fotos: https://photos.app.goo.gl/jVBiQ3YeboHtf3f68