CN Supermoto: Regresso animado em Baltar

Baltar voltou a receber a caravana do Supermoto português

246

Junto á cidade de Paredes e em cenário onde se realiza anualmente o ‘shake-down’ do Rally de Portugal, o Kartódromo de Baltar voltou a acolher no passado Domingo uma prova elegível para o campeonato nacional de Supermoto.

Local de passagem do campeonato ainda no século passado, lado a lado com o espectacular Superquad que existiu igualmente noutras eras da disciplina em Portugal, o Supermoto regressou a Baltar, agora num formato distinto mas nem por isso com menos empenho e espectacularidade proporcionada pelos pilotos.

Lado a lado com os pilotos do Velocidade 2020, que estiveram igualmente em competição no asfalto do complexo actualmente gerido pelo ex-campeão nacional de Trial João Ribeiro e família, foram naturalmente sobre a classe rainha que caíram as atenções, com Nuno Rego a assegurar a vitória na primeira corrida na frente de Luis Ferreira e Sebastian Gil após concluirem os 15 minutos mais 2 voltas. Uma vitória perfeita para Sérgio Rego que foi claramente superior á concorrência neste duelo de arranque, sendo que a classificação da segunda corrida foi dada como suspensa.

Na mini-velocidade os três primeiros em ambas as corridas foram exactamente os mesmos. Edgar Silvent foi o mais o mais rápido no final dos dez minutos mais duas voltas, com vantagem sempre confortável face a Eduardo Couto e Rafael Sousa, que com ele subiram ao pódio final. No Minimotard o ‘signo’ foi o mesmo e a vitória de Adelino Patronilho em ambos os confrontos (15 minutos mais duas voltas) foi sempre na frente de João Alexandre e Bruno Salreta, com diferenças mais reduzidas na primeira corrida da quente tarde que se fez sentir.