Gonçalves fecha semana na frente

323

PGDakar3

No final da sétima etapa do Dakar 2016, que marcou o regresso da prova a solo argentino antes do merecido dia de descanso, Paulo Gonçalves mantém o primeiro lugar da classificação geral da mesma e reforçou mesmo a sua vantagem na ligação de Uyuni até Salta, que das duas secções cronometradas cumpriu apenas a primeira devido ás fortes chuvas que impediram que as condições de segurança fossem garantidas no segundo sector competitivo do dia.

Paulo Gonçalves foi protagonista do momento do dia quando logo ao quilómetros 15 da especial parou para auxiliar Matthias Walkner depois do azarado austríaco ter caído e fracturado o fémur da perna esquerda. O piloto da Honda manteve-se junto do acidentado rival até à chegada da assistência médica e no final do dia viu a organização descontar-lhe os mais de dez minutos de paragem junto de Walkner, conseguindo uma brilhante terceira posição na especial atrás de Kevin Benavides e Antoine Meo.

Com esta prestação Gonçalves aumentou a sua vantagem no topo da classificação geral para mais de três minutos – no dia anterior eram apenas 35 segundos – face ao rival mais directo, fechando assim a primeira semana de prova na liderança do pelotão.

Depois de um início adoentado Hélder Rodrigues conseguiu nos últimos dias começar a mostrar toda a sua rapidez e chegou a Salta na sétima posição da classificação geral, com Mário Patrão a ser agora o 25º e Bianchi Prata o 48º. Uma primeira semana marcada pelo abandono de Ruben Faria quando estava igualmente entre os dez primeiros, tendo o mesmo sido já submetido a uma intervenção cirúrgica na face devido a uma fractura sofrida, devendo nos próximos dias regressar a Portugal para iniciar a recuperação das restantes lesões.

A segunda semana deste Dakar 2016 começa na próxima segunda-feira e esperam-se novamente etapas muito duras, especialmente quando a caravana chegar ás temidas dunas de Fiambala, onde o Dakar será certamente decidido em todas as categorias.

Classificação geral após a 7ª etapa

1º Paulo Gonçalves – Honda com 22h52m30s; 2º Toby Price – KTM a 3m12s; 3º Stefan Svitko – KTM a 9m24s; 4º Pablo Quintanilla – Husqvarna a 18m06s; 5º Kevin Benavides – Honda a 21m01s; 6º Antoine Meo – KTM a 21m06s; 7º Hélder Rodrigues – Yamaha a 24m44s; 8º Farres Guell – KTM a 29m57s; 9º Alain Duclos – Sherco a 30m32s; 10º Juan Pedrero – Sherco a 31m45s…25º Mário Patrão – KTM a 1h13m09s; 48º Bianchi Prata – Honda a 3h37m57s