CN Enduro – CFL: 300 pilotos esperados em Góis

Depois de Vila Nova de Santo André o Nacional de Enduro está já a caminho de Góis para a sua segunda prova.

337

É com Diogo Ventura na liderança que o campeonato nacional de enduro enfrenta no próximo fim‑de‑semana a sua segunda ronda da época. Cabe á Vila de Góis acolher os cerca de 300 pilotos esperados – o Góis MC definiu mesmo o número máximo de inscritos para as três centenas – e após as intensas lutar vividas em Vila Nova de Santo André serão muitos os motivos de interesse numa prova totalmente distinta da ronda inaugural, pois o terreno arenoso dá agora lugar ao piso mais duro e pedregoso desta região de Portugal, podendo mesmo a chuva ser igualmente ‘companhia’ da caravana que estará instalada no conhecido Parque do Cerejal junto ao emblemático Rio Ceira, local de rara beleza onde estará mais uma vez o Parque-Fechado.

O percurso, com cerca de 47 quilómetros por volta (especiais incluídas), desenrolar-se-á nos concelhos de Góis e de Arganil, sendo percorrido por 3 vezes e meia pelos pilotos da ELITE e OPEN, 3 vezes pelos Verdes, Veteranos e Senhoras e 2 vezes pelas restantes classes.

Provas especiais serão três, como é hábito no formato do CNE, situando-se a Cross-Test (em terreno misto com pequenos relevos e quatro quilómetros de extensão) na Aldeia de Celavisa, a Enduro Test (a cerca de 800 metros do paddock, em terreno misto e com 5 quilómetros de extensão) junto a Góis, na N342 em direção a Arganil e a Extreme Test (a 1,5 km da ZA, na maior parte natural aproveitando o relevo do terreno) na Casa Branca, sendo devidamente sinalizado o trajecto até às mesmas.

O dia 1 de Maio (Sábado) está reservado para os habituais procedimentos de verificações técnicas e administrativas e no Domingo (2 de Maio) os primeiros concorrentes terão ordem de partida ás nove horas da manhã.

Calendário Enduro CFL 2021
12/13 Junho – Régua (2 dias)
26 Setembro – Águeda
07 Novembro – Cabeceiras de Basto
20/21 Novembro – Fafe (2 dias)